Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias,  Cronicas
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Quebra cabeça
Todas as inquietações me vem à tona hoje como quem arranca cascas de machucados com as unhas e deixa sangrar uma ferida que nunca cicatriza. Viver nesta cidade é um martírio crônico. As ruas não me cabem. As pessoas me olham mas não me enxergam. Ninguém se olha, ninguém se vê, ninguém se sente de verdade. Eles nem sabem o que é sentir como eu sinto. E nunca saberão. Aquela inadequação teima em aparecer mais uma vez, ainda que eu tente expurgá-la como veneno. Algo sempre está fora de lugar. Mas a peça errada sou eu. O Chico disse que na reencarnação ninguém erra de endereço, mas sei que estou sobrando no quebra-cabeças desta cidade. Eu não me encaixo nela e ela não se encaixa em mim.
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 04/06/2017
Alterado em 27/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras