Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias,  Cronicas
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Amo
Podem classificar de qualquer jeito
Este meu jeito de sentir amor.
Chamem-no de franqueza, despudor,
Chamem-no de virtude, ou de defeito,

Seja o modo correto ou imperfeito,
Quer provoque alegria ou traga dor,
Eu jamais calarei o meu amor:
Não quero sufocá-lo no meu peito.

É. Sei que muitos chamam de exagero
Amar assim como amo – em desespero,
E confessá-lo assim – a todo instante.

– O amor – dizem –, não deves proclamá-lo...
Mas falo sempre dele e, não obstante,
Eu amo muito mais do que lhes falo.
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 05/06/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras