Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias,  Cronicas
CapaCapa
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
Textos

Dilema
de que me lembro nem sei!
é grande meu esquecimento
no coração o amor guardei...
e sonhos levou-os o vento.

o dia é longo e permanece
a toda a hora a esperança
minha memória não esquece
puxa pelo fio à lembrança.

amor quer-se bem cuidado
iluminado pela vida adiante
o coração quer-se amado
a toda a hora e instante.

saudade trago de quem?
da vida que deixei para trás?
na lembrança trago alguém...
que esquecer não sou capaz.

sonho é abrigo iluminado
onde a memória descansa
vida é presente e passado
dia a dia faz mudança.

dias cheirando a alfazema
já distantes... na infância
cresce em mim o dilema
esquecer ou não a distância.

vivendo vou, de lembranças
apaziguo-me na escrita
brincadeiras de crianças...
ecos que a memória grita.

nada pretendo esquecer
nem mágoas, nem alegrias
e se algum dia acontecer
acabarão os meus dias.
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 27/06/2017
Alterado em 02/07/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras