Iacoe Micaela
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Mulheres
As mulheres não sabem amar de outra maneira
Amam como na poesia, veja:
Amam sim, amam até que se consumam
Amam pela alegria de ver que cresça
Amam ainda que solitárias e
Os fios dos cabelos se embranqueçam
Amam mesmo que sejam somente
As poucas esperanças, mas amam...
Amam desde a pequenina vida até a mais desejada
Amam em causa própria, e daí, contanto que amem...
Amam adoentadas, ou ainda que em silêncio
Amam o vestido alheio, o bom corte de cabelo
As unhas bem cuidadas, o último sapato da moda e
A bolsa mais cobiçada
Seus cartões de crédito, liquidações, o menor preço
O carinho gratuito, os mais belos homens e
A lisura e o durinho das partes em febre
Todavia, amam sem bem ao certo saberem o porquê:
O bêbado, o falido, o ausente e até o covarde
Todos esses que lhe ferem a carne na qualidade de marido,
Irmão, pai ou filho
Sim, as mulheres amam e amam
Como Jesus aos ladrões, cada qual a seu lado
Como Jesus sentado à mesa com um pecador
Como Jesus ao cuidar dos cegos e aleijados
E se perguntassem a essas mesmas
Mulheres internacionais
A razão, o motivo de todo esse amor
Haveriam de responder, como fossem uma apenas:
Quem mais precisa de mim, o bom ou o ruim...
Iacoe Michaela
Enviado por Iacoe Michaela em 05/04/2017
Alterado em 24/04/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras