Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Somente por te amar
Eu queimo, eu definho, eu pereço
Porque vivo nosso conto de fadas
Até te encontrar em um recomeço
Em dias de céus, e dias de nadas.

Quedamo-nos nas fofas camadas
De ti e de mim, mais me conheço...
Eu queimo, eu definho, eu pereço
Porque vivo nosso conto de fadas.

E simplesmente por te amar, teço,
Palavras na superfície espelhada,
Em que te vejo, e em meu avesso
Cozo, fio em teus beijos, alucinada,
Eu queimo, eu definho, eu pereço.
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 18/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras