Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Ciúme
Você é uma pessoa ciumenta? Sofre muito por causa disso? Na verdade, o ciúme mexe muito com a gente.
Somos muito ligados a pessoas com quem gostamos de conviver, nossos filhos, cônjuges, pais, amigos. É ótimo ter a ilusão e pensar que temos algo que nos faz sentir seguros, acreditando que nós temos o controle, que eles são nossos como um objeto, com quem eu me relaciono quando quero, e do jeito que eu quiser. O fato é que não temos nada; nós não controlamos nada; da mesma forma que eu posso viver com alguém hoje; amanhã eu posso não ser capaz ou podemos não ter a oportunidade de encontrar essa pessoa novamente, por qualquer motivo. Então aproveite todos os dias a oportunidade de se relacionar com as pessoas, se você gosta delas ou não, porque essa é  uma oportunidade para nos tornarmos seres melhores.
Agora, há uma diferença quando falamos de ciúmes de um amigo, pais, irmãos ou irmãs, em comparação com pessoas com quem temos um relacionamento amoroso ou uma relação que têm sexo e paixão envolvidos. Este ponto adicional, é a poligamia que todos nós temos.
Então fazer o que, se nós somos seres polígamos! Você pode não aceitar, mas cada vez que você olha para uma pessoa que chama a sua atenção na rua, e tem algum desejo em relação a ela,  você acha que isso é o quê?
Ok, então o que tem a ver com a nossa poligamia, com o nosso ciúme?
Já ouviu falar que, quando julgamos alguém por algo que ele fez, na verdade, estamos apontando para algo que precisamos melhorar em nós? Há uma frase que Freud fala mais ou menos assim: "Quando Pedro me fala sobre Paulo, eu sei mais sobre Pedro que sobre Paulo."
Então, quando temos o sentimento de ciúme, que alguém pode fazer algo comigo, gerando insegurança ligada a traição, a verdade é que nós gostaríamos de estar com essa possibilidade em nossas mãos, mas como alguém enganar é errado, e eu não posso tornar real a minha vontade, eu só projeto sobre o parceiro algo que eu quero fazer, mas eu não posso admitir. Em psicanálise isso é chamado de transferência por projeção.
Sempre digo isso: assuma as suas vontades, sem repressão, mas use sua razão para chegar a uma conclusão, se compensa ou não, fazer o que você está pensando.  
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 23/01/2018
Alterado em 09/05/2020
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras