Iacoe Micaela
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Saldo
Agora em meu leito como náufraga,
Sentindo, da ausência,a superfície áspera,
Vou recolhendo o que restou de saldo:

Uma imensa dor, um modo trôpego,
No rosto opaca cor, um pulso rápido...
O que sobrou de mim sob o rescaldo.

As horas todas queimam, incendeiam;

As minhas cinzas soltas devaneiam.

Iacoe Michaela
Enviado por Iacoe Michaela em 05/08/2018
Alterado em 07/02/2019
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras