Michaela Iacoe
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Desânimo

Andava a sentir um brilho, um bem estar em sintonia com um sorriso do parapeito das minhas palavras, um brilho que me ofuscava a luz, a verdade.

Por vezes acontece que vemos só o que queremos,não o que devemos ver, depois vem o desalento, o desencanto...

É um desassossego que não deixa ver a verdade, aquele que mais cedo ou mais tarde, através de um sopro, ou de um sussurro mais ou menos previsto aparece.

O tempo já devia estar habituado ao desânimo, não há nada a fazer...enfim chega e parte quando lhe apetece, mas deixa tanta tristeza, tomara que parta de vez.
 
Michaela Iacoe
Enviado por Michaela Iacoe em 02/02/2019
Alterado em 14/02/2019
Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras