Iacoe Micaela
Sentimentos, Poesias, Cronicas
Textos
Não sejamos tão rígidos
Nós não respondemos à realidade. Nós respondemos à nossa percepção da realidade.
Então funciona basicamente assim: Nós temos algo externo, nós temos a realidade, que é tudo aquilo que você pode ver, tocar, tudo aquilo que está ali fora de você, isso tudo é a realidade externa; e diante dessas realidades, diante desses eventos externos da nossa vida, nós vamos olhar para esses eventos externos e vamos ter nossas percepções, e vamos começar a criar opiniões, ter sentimentos, ter convicções e crenças diante da nossa realidade e com base nessas opiniões, sentimentos, convicções e crenças nós tomamos as nossas decisões.
E você já percebeu que se você tem decisões sábias, você tem uma vida boa, uma vida próspera, você consegue levar uma vida plena.; entretanto, se você não sabe tomar boas decisões você vai se autossabotar, você vai se prejudicar constantemente e se gente entender isso, que nós estamos tomando decisões com base na nossa percepção e aqui está a grande questão disso tudo. Esse processo nosso de percepção da realidade ele é falho, ele é imperfeito, porque nós não conseguimos perceber 100% a realidade.
Mas como não conseguimos processar algo como ele realmente é, por isso que é uma percepção, nós vamos ter opiniões, sentimentos, convicções e crenças.  E opiniões é tudo aquilo que a gente acha sobre algo, então você vê algo e com base nas suas opiniões passadas, com base na sua cultura, com base em seus valores você vai começar a dizer a dizer: Eu não gosto daquilo, Eu acho aquilo legal, Eu acho chato, Aquilo é pra mim, Aquilo não é pra mim. Você começa a desenvolver opiniões, as suas coisas que você acredita sobre algo, além disso você pode então desenvolver sentimentos. Os sentimentos por si só, eles são muito instáveis, porque uma hora está lá em cima, outra hora o sentimento some, outra hora o sentimento está lá embaixo, como por exemplo um carro, vamos supor que você ganhe um carro de uma pessoa que você ama muito, nesse momento o sentimento vai lá em cima, o sentimento é muito positivo, sentimento muito bom. Vamos supor então que você vê um acidente de um carro batido, e aí, talvez, o seu sentimento é completamente diferente diante daquele carro, ou seja, nós temos uma realidade externa, e nós temos ali os sentimentos diante dele que alternam e oscilam constantemente, e é ai que está uma das grandes coisas, a maioria das nossas decisões muitas vezes são fundamentadas com base nos nossos sentimentos com base no nosso lado emocional, e é por isso que muitas pessoas estão se sabotando. E é por isso que muitas pessoas não conseguem lidar com certos momentos, com certos eventos da vida, porque elas deixam os seus sentimentos prejudicar a vida dela.
Nós temos também as convicções, tem pessoas que acreditam, algumas pessoas estão convictas de que aviões podem cair, outras pessoas estão convictas de que não podem   ter sucesso na vida, outras pessoas estão convictas de que podem sim conquistar tudo aquilo que elas acreditam, mas tudo isso são convicções, são coisas que a pessoa começou a acreditar e que não necessariamente é uma verdade absoluta. E agora vamos ter as nossas crenças. E o que seriam as crenças? As crenças se a gente entender, é todos os nossos aprendizados, e as crenças todas elas são limitadas por si só. A crença, por si só, ela é algo limitante porque é impossível a gente saber algo, que a gente não sabe. Imagine por exemplo aquele índio que está realmente imerso no meio da floresta, que ele nunca viu um carro, talvez ele acredite que para ele se locomover ele precisa ir a pé, essa é a crença dele, porém ele não consegue enxergar essa possibilidade de conduzir um carro para poder andar mais rápido, para percorrer distâncias maiores, porque isso daí é algo que ele nem sequer sabe que existe, e todos nós somos assim. Existem milhões, milhares, bilhões de coisas que nós não sabemos que existe, e tudo isso está fora da nossa compreensão atual, porque as nossas crenças não alcançam isso.
Aqui a ideia é a gente começar a adquirir novos aprendizados, começar a entender coisas que a gente não entendia antes, mas mesmo assim, por mais que a gente absorva conhecimento , tudo aquilo que a gente sabe, todos os nossos aprendizados são limitados por si só; e aqui entra uma das maiores falhas de todo esse processo, porque nós não conseguimos processar toda a realidade, nós não conseguimos processar tudo o que existe no universo, ou seja, nós não conseguimos ter clareza de como todas as coisas realmente acontecem, de como todas as leis universais funcionam, todas as leis da física, as leis mentais, como que todas as leis universais funcionam, como que tudo isso está conectado, uma coisa com a outra, não conseguimos ter consciência disso em tempo real, porque se a gente conseguisse ter essa clareza, aí seríamos seriamos oniscientes, nós estaríamos assumindo o papel de Deus, que sabe tudo, de que conhece tudo, nós automaticamente ficamos reduzidos aquilo que nós sabemos, as nossas crenças, a essa nossa pequena visão do que é a realidade, essa pequena visão do que é a realidade, essa pequena visão do que é toda a vida.
Com base então nesse processo falho, desse processo subjetivo, desse processo particular que cada pessoa faz de um jeito, e se fosse dizer tem certo ou errado, seria mais próximo talvez da verdade, dizer que todos estão errados, que todo mundo está equivocado, que todo mundo tem muita coisa que está falando, mas não entende que ás vezes está ali confuso, limitado nas próprias crenças, nas próprias opiniões. Quando a gente entende isso e depois a gente percebe que nós estamos tomando decisão com base nas nossas percepções, a gente começa a entender porque muitas pessoas não conseguem prosperar, porque muitas pessoas não conseguem alcançar os objetivos, porque esse processo, as vezes ele pode estar ali dificultando tudo isso. E com o Coach e a PNL não temos verdades absolutas, mas nós temos sim ferramentas que ajudam a gente administrar nossas percepções, para aumentar consideravelmente a nossa capacidade de obter resultados, a nossa capacidade de lidar com situações da vida, capacidade de comunicação, nossa capacidade de liderança, nossa capacidade de se desenvolver e capacidade de ajudar outras pessoas.
Diante de tudo isso, a reflexão que eu quero trazer aqui é que justamente essa, para que nós não sejamos tão rígidos, para que nós não sejamos tão convictos de nós não sabemos a verdade de que nós estamos certos diante de qualquer pessoa, diante de qualquer situação, porque o nosso cérebro ele é uma máquina programada para extrair as informações de modo limitado, do modo muito minucioso que nos mostra, que nos conduz naturalmente a decisões erradas, quando a gente entende isso e a gente assume essa nossa condição humana, de que esse processo ele é falho,  ele é excelente, ele é poderoso, mas so mesmo tempo ele é falho, a gente entende isso, nós podemos entender que nós podemos estar tomando decisões erradas, e que nós podemos então melhorar essas nossas decisões para melhorar a nossa vida.
E esse é o insight: Não seja tão rígido.
Iacoe Michaela
Enviado por Iacoe Michaela em 10/12/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários
Site do Escritor criado por Recanto das Letras